Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura apresentam:

 

Ora bolas, que horas são no seu coração?

 

Ele dormia demais. Ela nem tanto. Mas nenhum dos dois perdia a hora, afinal. Sempre foram muito pontuais. Que pena, pois nesse caso, Ele e Ela deveriam viver um grande amor. 

 

Livro com recursos de QR Code para ler de forma alternada na versão impressa e no celular.